5 de setembro de 2010

one from the heart

IMG_5038

7 comentários:

Zé Caçador disse...

o que eu gostei (e gosto) desse filme
e, fogo, também gosto da fotografia, claro, pedras tatuadas...

besito

Hellag disse...

eu gosto daquele bem encarnadinho!!! e tantos nomes...gravaste o teu?!

ruimnm disse...

e o caminho levou.nos até aqui! Fantástico.

a certeza de teres deixado também uma marca.

Margaridaa disse...

...a marca das pessoas, da sua passagem, existe.Mas... e elas, as pessoas?

ci disse...

fotografar pessoas e publicar as fotografias num blog ou outro suporte não é fácil, margarida; se quisermos ser rigorosos, temos de pedir autorização para ambas as coisas...confronto-me sempre com estas dificuldades porque por vezes até apetecia... é raro fazê-lo e ainda assim fico sempre com problemas de consciência; quanto às pessoas que me acompanhavam, duvido que gostassem da publicidade :-), mas não sou uma ermita, pelo contrário, gosto muito de pessoas :-)

Margaridaa disse...

...percebo perfeitamente, mas não me referia a isso. Tudo parece tão "sem pessoas", é isso.Hoje em dia é raro encontrar sítios assim.E acho que é também isso que fascina, nesta série de fotos.

ci disse...

isso tb me agradou muito; sítios "sem pessoas" e de uma vastidão imensa transmitem-me uma grande tranquilidade, mas confesso que por vezes (embora não tenha sido este o caso) tinha de esperar um bom bocado para conseguir fotografar sem aparecer ninguém :-)